set 082008
 
Litoral PaulistaO mercado imobiliário no litoral paulista já provou que está quente. Opções de casas e apartamentos novos no litoral não faltam. Também não faltam compradores. Para quem sonha com um refúgio na praia, existem imóveis para todos os gostos e orçamentos: o lançamento de dois condomínios de alto padrão com 1 000 unidades no bairro de Vila Mirim, em Praia Grande, chama atenção; em Ilha Bela, o sucesso do empreendimento Yacamim impressiona – suas 139 casas, com preços entre R$200 000 e 1,3 milhão de reais, estão com as vendas a todo vapor; o Guarujá embarca na tendência dos condomínios-clubes, com serviços e infra-estrutura que se assemelham aos dos resorts. O Oásis Spa & Home Resort registrou, em apenas um mês de lançamento, mais da metade de suas unidades de alto padrão comercializadas.

Litoral Paulista

Toda essa febre no litoral pode ser explicada pelo bom momento econômico que o país passa, turbinado pela grande oferta de crédito, e também por uma paixão antiga de todo paulistano de fugir da cidade que registra recordes diários de congestionamentos associado ao estresse da vida agitada da capital paulista. A alternativa é correr para o interior ou para o litoral, onde os investimentos em infra-estrutura e recuperação das cidades são crescentes e o preço e qualidade dos imóveis mais em conta.

A receita é válida também para qualquer brasileiro interessado em viver no estado que é considerado a “locomotiva deste país”.

O litoral paulista é dividido em Litoral Norte, Sul e região metropolitana da Baixada Santista.

Litoral norte (Microrregião de Caraguatatuba):

  • Caraguatatuba, que está a 186 km da capital do estado e com cerca de 70 mil habitantes é considerada a capital do Litoral Norte de São Paulo, devido a sua localização geográfica e ao seu comércio diversificado. A cidade é privilegiada com belas paisagens, possui 18 praias, mata Atlântica preservada e muitos pontos turísticos. Tanta beleza recebe a visita de milhares de turistas durante a temporada de férias e nos feriados prolongados. Caraguatatuba tem crescido de forma acelerada, além de um excelente lugar para passar férias tornou-se também um ótimo lugar para se viver. Sua infra-estrutura conta com hotéis, restaurantes, pousadas, casas de temporada, bares, choperias, shopping center, danceterias, supermercados entre outras coisas mais.
  • Ilha Bela – com cerca de 42 praias e 7 cachoeiras, o município tem por volta de 85% de seu território coberto por Mata Atlântica. Separada do continente pelo Canal de Toque-Toque, em frente à cidade de São Sebastião, é a maior e uma das mais belas ilhas marítimas brasileiras, com 346 Km².
  • São Sebastião é a cidade mais antiga do litoral norte. Antes da colonização portuguesa, a região de São Sebastião era ocupada por índios Tupinambás e Tupiniquins, sendo a serra de Boiçucanga uma divisa natural das terras das tribos. Sua área tem cerca de 403km² de pura beleza e encanto. Com 36 lindas praias e diversas trilhas e cachoeiras, São Sebastião torna-se um maravilhoso destino para obter diversão e tranquilidade.
  • Ubatuba, chamada de “A pérola do Litoral Norte”, ocupa a maior área do litoral paulista. Sua topografia é montanhosa e abrange largos trechos da Serra do Mar. Possui áreas de preservação natural como a Serra do Mar, Ilha Anchieta e as Praias Brava e Camburi, além de centros de estudo como o Instituto Oceanográfico e o Projeto TAMAR. A cidade vive basicamente do turismo, nos feriados prolongados e temporada de férias a cidade recebe milhares de turistas. Ubatuba conta com bons hotéis, pousadas e restaurantes, danceterias, bares e quiosques com música ao vivo.

O Litoral Sul é composto por 17 municípios: Barra do Turvo, Cajati, Cananéia, Eldorado, Iguape, Ilha Comprida, Itanhaém, Itariri, Jacupiranga, Juquiá, Miracatu, Monguaguá, Pariquera-Açu, Pedro de Toledo, Peruíbe, Registro e Sete Barras.

  • Ilha Comprida – Município que na sua totalidade é uma área de proteção ambiental, a Ilha possui 74 Km de praias sem poluição, além de mangues, sítios arqueológicos, matas, dunas e lagos naturais. É um destaque no estado de São Paulo por sua importância ambiental e seus atrativos naturais. O turismo é a principal atividade econômica do município seguido da construção civil , do desenvolvimento sustentável e da pesca.

A baixada Santista caracteriza-se pela grande diversidade de funções presentes nos municípios que a compõem. Além de contar com o parque industrial de Cubatão e o Complexo Portuário de Santos, ela desempenha outras funções de destaque em nível estadual, como as atividades industrial, de turismo, comércio de exportação, comércios atacadista e varejista entre outras atividades que resulta na geração de um PIB que representa 3,7% do PIB do Estado de São Paulo. É composta pelos municípios: Bertioga, Cubatão, Guarujá, Praia Grande, Santos e São Vicente.

Se você gostou desse artigo, considere deixar um comentário ou assine nosso feed para receber futuros artigos no seu leitor de feeds.
  • fernando

    Por que nao estao citando Bertioga, Cidade que possui 420.000Km de area, 42 kilometros de praia a cidade com melhor acesso apenas 40 minutos de São Paulo e temos um dos maiores empreendimentos do Brasil Riviera de São Lourenço. Será que esta cidade da pra passar despercebida a ponto de nao ser citada neste post tao rico de informações mas cego, ou descuidado que nao viu uma pequena grande cidade chamada bertioga.

    • forumimoveis

      ôpa, falha nossa: obrigado pela sua contribuição…

  • Pingback: Boom imobiliário em Santos, São Paulo | Fórum Imobiliário