Últimas Notícias
Home / Mercado / Acompanhando a Inflação & Outras Notas

Acompanhando a Inflação & Outras Notas

PORTAL DE IMÓVEIS
O VivaReal, portal de classificados imobiliários, foi fortalecido com uma injeção de trinta milhões de dólares por parte de fundos de investimentos norte-americanos. Acompanhando a tendência mundial de centralização de ofertas de imóveis, a empresa proprietária do portal – cuja origem é o Vale do Silício -, irá expandir suas atividades no Brasil. O VivaReal também opera nos EUA, México e Colômbia.

PROFISSÃO ESTRESSANTE
Segundo o site CareerCast, a profissão de corretor de imóveis é uma das dez mais estressantes dentre as 200 pesquisadas nos Estados Unidos. Os critérios utilizados para estabelecer o ranking foram as condições do ambiente de trabalho, o grau de competitividade, os riscos, a remuneração e o potencial de crescimento na carreira. Dizem que no Brasil é diferente.

AJUDA NOS NEGÓCIOS
Para os experts em marketing digital, o Facebook poderá se tornar o principal canal de relacionamento do corretor de imóveis com o público. Para isso, ele deverá construir, na página do seu perfil, uma boa comunicação com seus amigos virtuais, fazendo com que eles “curtam” o modo com que o profissional interage na rede social. Regra principal: nada de anúncios.

VENDAS CAEM EM SP
Apesar da forte queda nas vendas de imóveis novos (46,3%), verificada no mês de outubro, em comparação com setembro, o ano não está ruim. De acordo com o Secovi-SP, nos dez primeiros meses de 2012, as vendas decresceram apenas 3,3% em relação ao mesmo tempo de 2011. O VGV do período caiu 6,9 por cento, na mesma base de comparação, para cerca de R$ 10 bilhões.

ACOMPANHANDO A INFLAÇÃO
Não há mais dúvidas de que após um triênio (2009/2011) de alta ebulição, o mercado imobiliário se acalmou e praticamente retornou ao período pré-boom de 2008. Os valores se estabilizaram – muitos em patamares ainda exagerados – e as vendas caíram a níveis normais. Assim, em 2013, a alta dos preços deverá ficar limitada à taxa da inflação, não havendo nenhuma expectativa de queda generalizada, já que os estoques não estão suficientemente altos.

FORTE VALORIZAÇÃO
No terceiro trimestre de 2012, o Brasil foi o país onde os imóveis mais se valorizaram, conforme pesquisa da consultoria imobiliária Knight Frank. Ficamos em primeiro lugar, com 15,2% (comparativamente com o mesmo período de 2011), seguidos por Hong Kong (14.2%) e Turquia (11,5%). Os últimos lugares ficaram com a Grécia (-11,7%), a Irlanda (-9,6%) e a Espanha (-9,3%).

CRÉDITO IMOBILIÁRIO EM ALTA
Pela primeira vez na história econômica do país, o crédito reservado à aquisição de imóveis superou o destinado à compra de automóveis. Em setembro, o mercado imobiliário abocanhou R$ 334,6 bilhões, enquanto que o mercado automobilístico ficou com R$ 319 bilhões. Redução dos juros, crescimento do emprego, melhores salários e um ainda alto déficit habitacional, explicam o acontecimento.

MELHORES CRÉDITOS
De acordo com o Idec, um instituto de defesa dos consumidores, os melhores bancos para a contratação de crédito imobiliário são o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal e o Itaú Unibanco, nesta ordem. Bradesco e HSBC ficaram em posição intermediária. Em último lugar, dentre os seis agentes financeiros analisados, ficou o Santander.

MORAR DE ALUGUEL
Outra associação de consumidores, a Proteste, divulgou levantamento mostrando que 99% dos inquilinos não tem condição de comprar um imóvel, apesar de terem essa intenção. O 1% restante mora de aluguel porque quer, pois tem situação financeira para adquirir uma residência. A maior parte dos locatários compromete de 26% a 50% do seu orçamento com essa despesa.

Feliz Festas a todos e até 2013!

Fonte: CARLOS ALCEU MACHADO (mais comentários no Site, no Facebook e no Twitter)

Sobre Administrador

Veja também

Caixa Reduz Juros do Crédito Imobiliário & Outras Notas

CAIXA REDUZ OS JUROS DO CRÉDITO IMOBILIÁRIO A Caixa Econômica Federal anunciou a redução da …