Últimas Notícias
Home / Habitação / Locação / Aluguel em alta força classe “C” a correr atrás da casa própria

Aluguel em alta força classe “C” a correr atrás da casa própria

O aumento nos preços dos aluguéis e a expansão do crédito imobiliário ajudaram o brasileiro em 2010 a concretizar o sonho da casa própria. Os financiamentos com recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e a poupança pelo SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo) bateram recordes sucessivos, com mais de 1,4 milhão de unidades financiadas, sendo 950 mil pelo programa Minha Casa, Minha Vida e 450 mil pela poupança, segundo João Crestana, presidente do Secovi-SP (Sindicato da Habitação de São Paulo).

– Isso é um aumento recorde, tendo em vista que nos anos 80 o financiamento atingia 650 mil unidades e nos anos 90 caiu para pouco mais de 20 mil, com o fim do BNH [Banco Nacional de Habitação]. Estamos agora próximos aos padrões internacionais, mas ainda longe dos países mais ricos, como os Estados Unidos.

O fim do BNH, que funcionava como um banco de fomento à habitação, em 1986, trouxe um atraso ao setor, que contribuiu para o déficit (saldo negativo de casas) de 7 milhões no país. Esse número, que representa o volume de pessoas que não possuem casa própria, passou a diminuir com a criação de programas assistencialistas, como o Minha Casa, Minha Vida e também a Lei do Inquilinato – que trouxe mais segurança ao proprietário do imóvel.

Com isso, em vez de pagar R$ 800 de aluguel para morar no centro de São Paulo, segundo levantamento do Creci-Sp (Conselho Regional dos Corretores de Imóveis da capital), a população da baixa renda começou a migrar para os financiamentos imobiliários ou trocar o aluguel dos imóveis nas regiões centrais das capitais para a periferia, como explica José Augusto Viana Neto, presidente da instituição.

Inflação

– A influência do IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado, usado no reajuste dos contratos de imóveis) é pequena, apesar dele ter aumentado muito. O grande problema é quando vence os 30 meses [prazo para locação do imóvel]. Esses imóveis estavam alugados por 0,5% do valor e agora o proprietário pede 1% do imóvel. Está muito caro morar de aluguel e a classe C prefere se endividar na compra da casa ou ir morar na periferia onde ela paga metade do preço.

Viana afirma ainda que os aluguéis devem continuar a subir não só em 2011, mas também nos próximos dez anos. O motivo? O resultado da Lei do Inquilinato, criada em janeiro de 2010, irá trazer aos poucos mais confiança no mercado de investidores para voltarem a comprar imóveis e, com isso, expandir o setor de locação.

Enquanto isso, a população da baixa renda tem preferido contratar um financiamento a perder de vista do que ficar refém dos aluguéis que só neste ano aumentaram mais que 10%, o dobro da inflação medida no ano, de 5,6%.

Fonte: ExpressoMT

Sobre Administrador

Veja também

Locação Residencial

É comum surgirem perguntas sobre locação residencial, então achei oportuno fazer um apanhado geral e …

  • Christian

    Prezados, vamos ser sinceros…

    1-Em algumas regiões o valor do m² já alcançou as raias da loucura, sem dúvida!

    2-A questão da demanda é mentirosa, parece coisa de matéria comprada, rsrs!
    Sabemos mais do que ninguém que a multidão sem casa é de classe popular, e o programa do governo, ainda não conseguiu atender a esse vasto público…

    3-A maioria que não compra imóvel hoje em lançamento, não tem renda suficiente, não encontra crédito com tanta facilidade assim, e acaba ficando com imóvel alugado…vamos fazer as contas?

    Cidadão ganha 3000 reais, paga 1000 de aluguel, quer imóvel na planta…huuummm…se for pai de família, 2-3 filhos, esposa e contas com cartão, crediário, despesas,etc…a conta não vai fechar…

    4-SP carece de uma infraestrutura que possibilite meios de se morar fora do centro,o transporte coletivo de baixa qualidade e caro, e a falta de equipamentos públicos em muitos bairros, acaba inflando a situação de outros bairros…

    5-Quem tem curso superior não teve TANTO AUMENTO SALARIAL assim…como muitos alardeiam, e o que tem de subemprego, vixe! Busque emprego de 600 reais…é muito fácil…só que o público que ganha 600 reais vai procurar o CDHU e acaba na inadimplencia…vcs sabem que o CDHU é uma caixa de pandora…altíssimo índice de devedores…mesmo com redução de juros que já são baixos…

    6-Hoje em dia temos muitas OFERTAS…com a demanda ainda em alta…os valores altos…e resultado: menos vendas, e mais imóveis ociosos…

    7-A oferta abundante está atendendo a quem? A demanda???
    Pessoal…vamos ser honestos…passeie na região de Santos, Praia Grande…e veja…quantos imóveis para vender…sem comprador e sem morador…coisa de loco!

    8-Os valores do imóveis estavam ultrapassados sem dúvida…a questão maior é que MORADIA é um direito social presente em nossa CONSTITUIÇÃO(direito fundamental previsto no Artigo 5º da Constituição Federal e é a única forma de se garantir a dignidade humana.) Isto está sendo atendido?

  • Pingback: Triumphe Imóveis » Aluguel em alta força classe “C” a correr atrás da casa própria()

  • Pingback: Aluguel em alta força classe “C” a correr atrás da casa própria | Blog Imóvel em Londrina()

  • O meio mais realista e que torna realmente possível a aquisição de bens hoje no mercado, é o Consórcio. Constantemente o consumidores estão entendendo mais o sistema de Consórcio e realizando seus desejos de consumo com mais facilidade. Estou a disposição para auxiliar e tirar dúvidas dessa maravilhosa forma de ser realizado!

    Bruno Corretor de Vendas UNIFISA

  • Pingback: Aluguel em alta força classe “C” a correr atrás da casa própria | TravelSquare()

  • prezados amigos a verdade suprema segue abaixo .

    quem era bom inquilino comprou, o que sobrou são inquilinos da categoria ( bagres ensaboadus ) aquele liso que foge do oficial de justiça, que da canseira para pagar, aluguel não existe mais, defino como raro equando aparece os valores são exorbitantes…

  • pelo menos para o mercado de imóveis em São Miguel Paulista, vejo as imobiliárias tendo muita procura mais poucos fechamentos, os juros praticados estão em um padrão aceitável mais longe do que é ideal, deveríamos ter juros mais baixos, o banco fica com o imóvel em garantia, quer mais o que …

  • sou de uma época que os clientes chegaram a recusar até 12 casas de aluguel as quais viam, hoje ficam com qualquer uma senão perdem, o mercado imobiliário mudou desde aquela época, o que será que nos espera daqui há 10 anos ?

  • Pingback: Golpe da casa de praia lidera em queixas | Casavistaimoveis()

  • Em Campos do Jordão o aluguel esta um absurdo, infelizmente ou felizmente o crescimento do aluguel subiu muito nos últimos anos e não só aluguel como o valor dos imóveis também.
    Hoje trabalhamos com mais de 600 imóveis e todos são para Venda, o imóvel de aluguel entra hoje de manhã e no final da tarde já temos no minimo duas a três pessoas já com interesse.
    O crescimento das vendas de imóveis também tá em constante crescimento, o mercado imobiliário em Campos ainda está sendo um dos melhores da região, com um crescimento também absurdo em número de investidores o que trás uma boa concorrência ao comércio local de imóveis.
    Se tiver oportunidade feche conosco parcerias. Eu deixo o convite a todas as imobiliárias e autônomos, nós trabalhamos com parcerias em sites posicionados então sempre é uma boa.
    att. Junior
    (12) 3662-6039

    Dê um click e conheça nosso portal.
    http://www.imoveisemcamposdojordao.net
    Abraços