Últimas Notícias
Home / Habitação / Crédito Imobiliário / Bradesco: mutuário é foco direto em 2011

Bradesco: mutuário é foco direto em 2011

O crescimento do setor de construção civil, aliado principalmente ao avanço da renda nas classes C e D, tem chamado atenção das instituições financeiras para novas estratégias a fim de dar conta de uma demanda cada vez mais crescente: o crédito imobiliário. O Bradesco, por exemplo, tem como uma das metas para 2011 ampliar a oferta de financiamentos diretamente para o mutuário final, sem a intermediação das construtoras no processo.

Contrariando a tendência de redução na oferta de crédito no começo do ano, o Bradesco deve manter a concessão de financiamentos sem alterar prazos na área imobiliária.

De acordo com o diretor regional do banco, Aquilino Pontes Gadelha, o clima ainda é de otimismo e de expectativa de crescimento na oferta de crédito neste segmento. “A nossa equipe econômica está enxergando 2011 de outra forma. Somos os únicos a manter os mesmos prazos de financiamentos e a expectativa é avançar tanto no consignado, como nos financiamentos para veículos e o imobiliário”, acredita.

BOM NEGÓCIO

De acordo com Aquilino Gadelha, a estratégia do Bradesco em chegar diretamente ao mutuário final tem como objetivo oferecer novas possibilidades à população. “Existe uma demanda reprimida muito grande no setor de crédito imobiliário”, comenta. Outra vantagem para o Bradesco é a fidelização do cliente que esse tipo de serviço condiciona. “Com o crédito direto ao mutuário temos um cliente certo conosco por até 30 anos”, explica o executivo.

AGILIDADE

O Bradesco já deve contar em 2011 com um departamento exclusivo para dar celeridade a este tipo de crédito neste segmento. Segundo Aquilino, o banco reduziu de 25 para cinco documentos para que seja concretizado o financiamento dos imóveis que custam até R$ 120 mil. “Calculamos que todo o processo de entrega de documentação seja finalizado de 10 a 15 dias. Também vamos comissionar os corretores de imóveis, o que não era feito anteriormente”, diz Gadelha.

DESEMPENHO

Segundo o gerente regional do Bradesco responsável pela divisão leste do Ceará, Cristomerys Valeriano, 2010 para o Bradesco no setor em que atua foi “extraordinário”. “Crescemos mais que a média nacional em todas as modalidades de crédito. Para pessoas jurídicas, a expansão foi de 40%”, explica.

Já o gerente regional responsável pela porção oeste do Estado, João Figueiredo, afirma que a maior demanda tem sido o crédito consignado, mas a busca por financiamentos para suprir capital de giro de empresas também tem sido cada vez mais elevada. “Para o Bradesco foi um ano espetacular, que implicou em apoio ao desenvolvimento”, completa Cristomerys.

Fonte: Gustavo de Negreiros / Diário do Nordeste

Sobre Administrador

Veja também

Documentos necessários para financiamento imobiliário

Uma das etapas mais importantes no processo de aquisição de um imóvel é a verificação …