Últimas Notícias
Home / EAD / Carreira / Conformismo – O vilão do corretor de imóveis

Conformismo – O vilão do corretor de imóveis

perseverança leva ao sucessoDe acordo com o psiquiatra Augusto Cury, conformismo é “a arte de se acomodar, não reagir e aceitar passivamente as dificuldades psíquicas, os eventos sociais e as barreiras físicas”. Essa armadilha da mente pode aprisionar qualquer pessoa, destruindo sua carreira profissional ou até mesmo sua vida social. Um sintoma do conformismo é a capacidade de arrumar desculpas para justificar os erros.

No ramo imobiliário, muitos corretores de imóveis usam inúmeras desculpas que os bloqueiam na sua capacidade de vender, por exemplo, “durante as férias ninguém compra”; “final do mês é duro, o povo precisa receber”; “quem quer comprar um imóvel no carnaval”, “a economia está desfavorável” entre outras teorias usadas para convencer que o fracasso não é culpa do vendedor.

Em geral, a abordagem dos corretores do imóveis no pós fracasso precisa ser diferente. Achar explicações não resolvem o problema, é preciso uma auto analise sobre a atuação e avaliar onde errou, visando aprimorar os procedimentos e adquirir melhores desempenhos. A sorte está do lado de quem visualiza os defeitos e trabalha na correção. Termos do tipo “fulano de tal teve sorte” também é uma espécie de conformismo. Você faz sua própria sorte.

A confiança também é fundamental para um corretor. A insegurança é um grande vilão da venda, ou você compraria uma casa com inúmeras dúvidas na cabeça? O corretor precisa desfazer essas questões e tirar as interrogações dos clientes. Nesse padrão, o achismo deve ser excluído do vocabulário. Não fruste a expectativa do cliente, seja exato, passe informações com firmeza, um corretor não acha nada!

Se você utiliza desculpas como “não tenho tempo” ou “não gosto”, pare agora de fazer a atividade. O conformismo neste caso já chegou ao extremo. Vá fazer outra coisa, vender imóveis não é para você. Como um corretor não tem tempo para vender? Organização é fundamental, é preciso deixar um tempo livre na agenda para conhecer os imóveis, estudar as tendências e capacitar no relacionamento com o cliente. Já o termo não gosto é muito utilizado pelos vendedores que não vendem. Assim como um jornalista, um corretor de imóveis não deve expressar opinião, ele apenas passa as informações de acordo com o interesse do cliente. Um profissional não precisa gostar, precisa vender.

Com o crescimento do mercado de imóveis, os corretores estão cada vez mais valorizados, o que aumenta em muito a concorrência, porém, de acordo com o ditado, “para os profissionais não existe concorrência”. Então seja um profissional.

Trabalhe como é,  pare com as desculpas, caso contrário, o conformismo será o seu maior vilão.

 .

William Cruz – Atua no setor de comunição da POW Internet, empresa responsável pelo www.PortaisImobiliarios.com.br  uma rede de portais de imóveis, como o portal de imoveis em Curitiba | Icuritiba.com, presente em mais 200 cidades do Brasil

Sobre Administrador

Veja também

Corretor de Imóveis precisa vender benefícios

Nem sempre apresentar um imóvel para o cliente é tarefa fácil para o corretor de …