Últimas Notícias
Home / Cidades / Imóveis no Rio de Janeiro

Imóveis no Rio de Janeiro

Cristo Redentor, Rio de JaneiroO Rio é a capital dos antagonismos. Cidade Maravilhosa, cantada em verso e prosa em todo o mundo, foi o destino da corte portuguesa em 1800, e berço da cultura nacional, principal origem de modos e costumes que repetimos em nosso dia a dia até hoje. Aos milhares de turistas que desembarcam por lá todos os anos, a cidade do Rio de Janeiro reserva paisagens deslumbrantes, que fazem parte dos principais símbolos que representam o Brasil em todo o mundo, como o Corcovado, o Pão de Açúcar, o Cristo Redentor (agora uma das sete maravilhas do mundo), o Maracanã (um dos maiores estádios de futebol do Mundo) e as escolas de samba (também as maiores do mundo), uma identidade nacional para os turistas estrangeiros. Até pouco tempo atrás, falar do Brasil no exterior era quase que exclusivamente falar do Rio de Janeiro. Divulgadas de variadas formas, como o fenômeno da Bossa Nova, suas praias, suas esquinas, seus morros, seu povo e o seu futebol viraram sinônimo de brasilidade.

Lindo e poderoso. O estado do Rio de Janeiro é a segunda maior economia do Brasil, perdendo apenas para São Paulo, e a quarta da América do Sul, tendo um Produto Interno Bruto superior ao do Chile e uma forte participação no PIB nacional. Grande parte da economia do estado baseia-se na prestação de serviços, tendo ainda uma parte significativa de indústria e pouca influência no setor de agropecuária. Estão sediadas no Rio de Janeiro as maiores empresas de petróleo do país, incluindo a maior companhia brasileira, a Petrobrás. Além dela, Shell, Esso, Ipiranga e El Paso mantêm suas sedes e centros de pesquisa no estado. Juntas, todas estas empresas produzem mais de 4/5 dos combustíveis distribuídos nos postos de serviço do País.

Apesar dessa “bola toda”, o Rio amarga os piores índices de violência do país. A falta de planejamento urbano associada a anos de populismo criou sérias distorções na cidade, que transpira opulência nos bairros da região sul, porém convivendo com a miséria e insegurança nos morros cariocas. Em 2008, o estado enfrentou uma assustadora epidemia de dengue (quase 200 mil casos registrados), uma doença associada essencialmente com a falta de informação, e possui uma criticada estrutura de segurança pública: “o estado enfrenta problemas com o tráfico de drogas, facções criminosas e insegurança em geral”, segundo Philip Alston, relator especial do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas (MAIO/2008).

Dizem que “quem é rei nunca perde a majestade”, e, ao que tudo indica, o Rio é maior do que seus problemas.

O mercado imobiliário no Rio de Janeiro está a todo vapor. O número de unidades lançadas passou de um patamar de cerca de 6.700 unidades/ano no biênio 2003/2004 para cerca de 9 mil unidades/ano em 2005/2006. A situação em 2007 foi ainda melhor: 45% superior a 2006, chegando a 13 mil unidades vendidas. O destaque tem sido a região central e proximidades. Grandes obras estão previstas na região, que já conta com outro grande empreendimento, o edifício Torre Almirante, ocupado pela Petrobrás. A Barra da Tijuca, o Recreio dos Bandeirantes e Jacarepaguá juntos concentraram 71% do total de unidades lançadas em 2007, sendo que Jacarepaguá alcançou o primeiro lugar com 42% do total.

Outra novidade é a comercialização da Vila do Pan. Em agosto do ano passado, as imobiliárias responsáveis pela Vila fizeram uma verdadeira maratona de vendas. Em apenas um dia, foram vendidos 1300 dos 1480 apartamentos disponíveis no local. Um dos motivos do sucesso da ação é o financiamento subsidiado pela Caixa Econômica Federal. De acordo com o balanço divulgado pelas imobiliárias envolvidas na negociação, as unidades com uma e duas suítes esgotaram antes do final da tarde.

Além disso, o Rio de Janeiro não se resume à capital. O estado abriga cidades cheias de encanto, que são famosas pelas suas belas praias ou pelas serras com clima ameno, a exemplo de Petrópolis e Teresópolis.

  • Angra dos Reis – Situado na microrregião da Costa Verde, Sul Fluminense de estado, esse município abriga 365 ilhas (muitas delas são propriedades de artistas nacionais e internacionais) e mais de 2 mil praias. Entretanto, Angra não é famosa apenas pelos seus atrativos turísticos, é lá que estão situadas as usinas nucleares da Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto, que são responsáveis pelo fornecimento de energia de grande parte da energia elétrica consumida pelo estado. O município conta com um porto importante, o Porto de Angra dos Reis, que no século XIX chegou a ser o segundo maior do país, responsável pelo escoamento de grande parte da produção de café.
  • Paraty – possui deliciosas praias de águas límpidas emolduradas pela Mata Atlântica. Suas baías e enseadas são perfeitas para velejar e para a prática da pesca, de superficie e de mergulho. Aqui se localiza o Parque Nacional da Serra da Bocaina com cachoeiras e vegetação exuberante. O Bairro Histórico, tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, localizado na parte central da cidade, destaca-se por construções dos séculos XVIII e XIX e pelo calçamento irregular das ruas, nas quais o tráfego motorizado é proibido. Em Paraty a pesca é abundante e rica em variedade de espécies.
  • Búzios – Armação dos Búzios é uma península com 8 km de extensão que possui 23 praias. As mais famosas são: Geribá, João Fernandes, Ferradura, Ferradurinha, Rasa, Manguinhos, Tartaruga, Brava e Olho-de-Boi, esta última reservada para a prática do nudismo. Seus ventos fortes, são ideais para a prática de iatismo e vôo livre. A cidade passou realmente a se desenvolver como “cidade turística” a partir da “tomada dos argentinos”, no fim dos anos 1970. Fugindo da crise econômica em seu país, muitos argentinos chegaram em Búzios com bastante dinheiro, compraram muitas propriedades e estabeleceram residências e negócios. Até hoje uma fração significativa do comércio e da hotelaria está nas mãos de argentinos.

Sobre Administrador

Veja também

Especulação imobiliária em articulação com o sistema

Não é de hoje que a população brasileira, em especial os moradores das grandes cidades, …