Últimas Notícias
Home / Mercado / Investimentos / Índice de Preços dos Imóveis – IBGE

Índice de Preços dos Imóveis – IBGE

ìndice de Preços de ImóveisO Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) já estuda a metodologia a ser aplicada para o novo índice de preços de imóveis no Brasil, que será criado de acordo com o Decreto 7.565 do governo federal, publicado na última semana no Diário Oficial da União.

Em nota à imprensa, o IBGE informou que está desenvolvendo estudos com o objetivo de acompanhar a evolução dos preços no setor imobiliário nacional. “A metodologia para o cálculo, bem como todos os procedimentos que envolvem um índice referente ao setor, está sendo discutida e terá como base as recomendações de países ou instituições que já produzem esse tipo de indicador”. Ainda não há previsão de quando o novo índice será divulgado, informou a assessoria de imprensa do instituto.

Para o diretor executivo do Sindicato da Indústria da Construção Civil no estado (Sinduscon/RJ), Antonio Carlos Mendes Gomes, o indicador vai ser bom para o mercado. “É um indicador confiável pela origem [o IBGE]. É o nosso grande instituto de pesquisa. É um instrumento adequado para que a sociedade tenha uma visão melhor, se posicione e interfira nesse processo, aproveitando as oportunidades, os momentos adequados. Enfim, acho que (o índice) é bom para todo mundo. É muito bem-vindo”.

A mesma opinião tem o presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do estado (Creci/RJ), Casimiro Vale. “Era uma reivindicação do Creci. É bom para ter um parâmetro de valor do mercado, principalmente com relação aos financiamentos”, disse à Agência Brasil. Vale considerou que o novo indicador será positivo também para os consumidores. “Entendo que é bom. É uma coisa mais justa”.

O vice-presidente da Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Rio (Ademi/RJ), Rubem Vasconcelos, discorda dessas opiniões. Para ele, o mercado é livre e deve continuar como tal. Vasconcelos teme que o índice venha a se transformar em elemento de controle dos preços no setor. “Não existe controle de preço. A gente pesquisa preço. A lei da oferta e da procura é que comanda os mercados. Não é ranqueamento, nem tabelamento de preço”.

Segundo o vice-presidente da Ademi, o que deveria ser feito é uma publicação mensal das pesquisas de preços praticados e não uma tabela de preços do mercado. “Isso é falso. Isso é mentiroso, porque o mercado vive de uma lei de oferta e de procura e pode ir ao céu, como pode ir ao inferno”.

Vasconcelos tem dúvida em relação ao procedimento que será usado pelo IBGE para acompanhar os preços dos imóveis. “Ele vai jogar os preços dos imóveis para cima, quando deveria proteger. Eu discordo dessa política de controle e de acompanhamento do governo. Não é função do governo acompanhar isso. Ele tem que deixar o mercado livre”, acrescentou.

Da Agência Brasil

Sobre Administrador

Veja também

Caixa Reduz Juros do Crédito Imobiliário & Outras Notas

CAIXA REDUZ OS JUROS DO CRÉDITO IMOBILIÁRIO A Caixa Econômica Federal anunciou a redução da …

  • taxar o mercado imobiliário com um índice é a mesma coisa de colocar câmeras no estádio, e se o gol foi de mão ou impedido esse ser anulado, isso acabaria com toda a magia da compra e venda, dar preço no gado alheio, o imóvel é do povo e o governo não deve interferir nisso … 

  • Pingback: Índice de Preços dos Imóveis – IBGE | Fórum Imobiliário | Via Media()

  • consumidor à vista

    Entendo que validar um gol de mão é altamente injusto… não vejo magia nisso… talvez para quem viva de especular imóveis exista!

    • prezado consumidor á vista não se faça de rogado, existem negócios bons e maus no mercado imobiliário, especulação é apenas psicológica ninguém vai pagar 300 mil no que vale 100 mil, tudo é magia estando certo ou errado, até agora o mercado deu super certo, e o exemplo do futebol foi apenas figurativo, mais acabei por perceber que o colega não entende nem de futebol e muito menos do mercado imobiliário …

      • consumidor à vista

        … o exemplo do futebol foi figurativo, evidentemente. Mas o senhor há de concordar que foi bastante equivocado. Contudo não posso alimentar a discussão. Esse é o retrato de muitos dos profissionais que atuam no ramo imobiliário. Abraços. (comentário editado – não são permitidos ataques pessoais)

        • outro consumidor

          Sr. Alto Pedroso, o mercado tem dado muito certo? A pergunta é: certo pra quem?

          • consumidor à vista

            O Sr. Alto Pedroso não concordou comigo quando comentei dizendo que havia especulação imobiliária, inclusive dizendo que eu não entendia de mercado imobiliário (o que é notório). Porém o Sr. Alto Pedroso comentou sobre esta mesma especulação na reportagem "Valor do Imóveis Começa a Cair". Vejam o texto do comentário (copiado e colado): "isso é a lei da lógica :

            com os preços mirabolantes ora praticados, a matemática e os números já não estavam batendo a tempos, tem m² de áreas residencias que estavam custando mais caros do que imóveis comerciais, CHEGAMOS AO ÁPICE DA ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA, não creio em bolha imobiliária e sim em retração do mercado até a volta dos preços dentro de uma lógica aceitável…" (Sr. Alto Pedroso Imóveis)

          • Querido consumidor à vista

            posts diferentes ( comentários diferentes ) tudo depende de que ou o que estamos falando, o que vejo na verdade é que o amigo está a deriva sem uma boa assessoria imobiliária, me proponho a ajudar ao prezado, para qualquer dúvida se quiser me passar vosso email eu lhe esclareço e vou elucidar sua falta de informação, e só para finalizar meu querido consumidor :

            na igreja falamos de religião e no boteco falamos de cerveja, se eu comentar de cerveja na igreja ou de igreja no boteco, ai as coisas não vão bater, mais fiquei feliz ao ver que o senhor aprecia meus comentários imobiliários …

          • pra mim é lógico kkkkkk

            e também para meus clientes que contam com ótima assessoria é só conferir em :
            http://bancodosimoveis.net/quem-ja-fez-negocios-c

  • Pingback: admin escreveu um novo post,Índice de Preços dos Imóveis - IBGE | TravelSquare()

  • Rodrigo

    Acho a iniciativa do IBGE interessante. Vejam o que já me aconteceu: procurei junto a uma imobiliária uma casa em São Miguel Paulista. Pedi por e-mail uma casa de até 400 mil reais. Como resposta recebi um link com casas de 500 mil reais. Fiquei chateado e questionei o porquê, e o corretor me respondeu que aquelas casas de 500 mil poderiam chegar a 400 mil reais com a negociação. Meu, se isso não é especulação, não sei mais o que é. Quem sabe com a criação de um índice o consumidor não possa ficar melhor preparado para estas situações…