Últimas Notícias
Home / Mercado / Investimentos / Índice de Rentabilidade para o Setor Imobiliário

Índice de Rentabilidade para o Setor Imobiliário

Aceleração dos preços é a base da especulação. Se cair um, despenca o outroA BM&FBOVESPA e a Fundação Getúlio Vargas (FGV) lançaram sexta-feira, 11/02, o primeiro indicador de rentabilidade do setor imobiliário brasileiro: o Índice Geral do Mercado Imobiliário – Comercial. O IGMI-C foi desenvolvido pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre/FGV), com patrocínio e colaboração de 26 entidades, representando empresas dos setores financeiro e imobiliário e fundos de pensão.

O objetivo do novo indicador é tornar-se uma referência de rentabilidade de imóveis comerciais – escritórios, hotéis, shoppings e outros -, contribuindo para que os investidores tenham maior transparência em relação à formação dos preços de compra, venda e locação.

O evento contou com a presença do diretor executivo de Desenvolvimento e Fomento de Negócios da BM&FBOVESPA, José Antonio Gragnani; do presidente da Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp), José de Souza Mendonça; do presidente do conselho do IGMI-C e diretor de Desenvolvimento e Relações com Institucionais da BM&FBOVESPA, Emilio Otranto; e do diretor do Ibre/FGV, Luiz Guilherme Schymura de Oliveira. Na ocasião, o pesquisador do Ibre/FGV, Paulo Picchetti, apresentou palestra técnica sobre o desenvolvimento do índice.

Sobre o IGMI-C – O novo indicador é calculado com base em informações fornecidas por um grupo de participantes envolvendo investidores institucionais e empresas ligadas ao setor imobiliário, tais como entidades de classe, consultores, administradores e gestores de carteiras imobiliárias, incorporadores e outros. A série histórica desta divulgação vai de 2000 ao final de 2010. No último trimestre de 2010, a amostra contou com 190 imóveis individuais, divididos entre escritórios comerciais, shopping-centers, estabelecimentos comerciais, hotéis, imóveis industriais e de logística, e outros.

As maiores concentrações estão em escritórios comerciais (cerca de 50% do total) e shopping-centers (cerca de 25% do total). Do ponto de vista regional, todos os estados do país estão representados, mas as maiores concentrações estão em São Paulo (cerca de 37% do total) e Rio de janeiro (cerca de 26% do total).

O IGMI-C está aberto para novos participantes e, com isso, acredita-se que a quantidade e qualidade de informações deverão crescer ao longo do tempo. Com base em um fluxo contínuo de informações mensais dos participantes, o IGMI-C será calculado e divulgado trimestralmente. A próxima divulgação será relativa às informações do primeiro trimestre de 2011. O apoio da BM&FBOVESPA ao índice é mais uma iniciativa a favor do desenvolvimento do mercado imobiliário e de capitais. O convênio da Bolsa com a ARISP (Associação dos Registradores de Imóveis do Estado de São Paulo), no ano passado, e a criação da Câmara Consultiva do Mercado Imobiliário, em 2009, são outros exemplos que sintetizam a visão da Bolsa.

O retorno de investimentos em imóveis comerciais no Brasil foi de 33,5 por cento no ano passado, o maior desde 2000, de acordo com novo índice da BM&FBovespa e FGV. O indicador atesta a demanda aquecida por shopping centers, hotéis e escritórios diante do crescimento vigoroso da economia em 2010.

“Ainda não temos perspectiva (de bolha) no mercado de imóveis comerciais”, disse o pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getúlio Vargas, Paulo Pichetti, embora tenha reconhecido “valorização bastante grande” recentemente.

Sobre Administrador

Veja também

Três Razões Para Se Investir Em Imóveis & Outras Notas

VEJA TRÊS RAZÕES PARA SE INVESTIR EM IMÓVEIS Quem pensa em adquirir um imóvel para …

  • Muito bom, excelente post. E este índice, irá ajudar muito na negociação de uma sala comercial.

  • Reginaldo

    Tenho um imóvel na Zona Leste que fica à 4KM do futuro estádio do Corinthians. Hoje este imóvel está avaliado em R$ 330.000,00. Tem como mensurar quanto valerá em 2014 esse imóvel?