Últimas Notícias
Home / Mercado / Marketing / Macapá, Amapá: investir agora e lucrar no futuro

Macapá, Amapá: investir agora e lucrar no futuro

Macapá, AmapáO Amapá, juntamente com outros estados “amazônicos”, vive uma realidade diferente do resto do país no tocante a investimentos imobiliários. Não se fala em “boom imobiliário” em Macapá ou qualquer outro município do estado. Porém, uma boa vocação em Macapá é o comércio, com localização privilegiada em relação a sua posição geográfica, oferecendo grandes possibilidades de relações comerciais com a América Central, América do Norte e a Europa.

Macapá, AmapáPor outro lado, o governo local investe no desenvolvimento de práticas sustentáveis de exploração de recursos naturais, já que 70% do território do Estado é coberto pela Floresta Amazônica, praticamente intacta. Na rede pública de ensino, o francês é a segunda língua aprendida pelos estudantes. Convênios com o Conselho Nacional de Pesquisa Científica da França e com a Universidade de Montpellier semeiam inúmeros projetos de cooperação técnica e financeira em busca do desenvolvimento sustentável. Dezenas de fármacos estão em fase de pesquisa, experiência ou uso comercial.

A Jari Florestal, mega-investimento do empresário norte-americano Daniel Ludwig, bateu de frente com ele nos anos 70, quando se instalou na região. Causou estragos irreversíveis. Mas perdeu o embate. É justamente nessa arena que germinou uma das sementes mais promissoras da política de desenvolvimento sustentável do Amapá: a Comaru — Cooperativa Mista de Produtores Extrativistas do Iratapuru. A movimentação é grande na Vila da Beira, que fica dentro da Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Iratapuru.

Os projetos de desenvolvimento sustentável, o estreitamento das relações com países vizinhos e a posição estratégica do estado, sugerem o crescimento da demanda por infra-estrutura e serviços. No reboque dessa tendência ocorre, como em outras localidades, o aquecimento do mercado imobiliário e, talvez, seja esse o momento de investir em imóveis no estado, sobretudo em fazendas como preço de m2 bem mais barato do que o praticado em outras regiões do país.

Ao sul, o Amapá faz fronteira com o Pará e, ao norte, com a Guiana Francesa, cujo divisor é o rio Oiapoque, que desemboca no oceano Atlântico, na altura do município de Oiapoque. O ponto mais setentrional do país, o monte Caburaí, fica em Roraima, mas ali não há nenhum tipo de povoamento. Por isso, ficou consagrada a frase “do Oiapoque ao Chuí”, para se referir à extensão do território brasileiro.

Os principais bairros de Macapá são:

Açaí
Alvorada
Amazonas
Araxá
Beirol
Boné Azul
Brasil Novo
Buritizal
Cabralzinho
Central
Chefe Clodoaldo
Cidade Nova
Congós
Coraçao
Cuba de Asfalto
Esperança do Renascer
Goiabal
Ilha Mirim
Infraero I
Infraero II
Jardim Caranã
Jardim Equatorial
Jardim Ipê
Jardim Felicidade
Jardim Marco Zero
Jesus de Nazaré
Lago da Vaca
Lagoa dos Indios
Laguinho
Liberdade
Marabaixo I
Marabaixo II
Marabaixo III
Marco Zero
Morada das Palmeiras
Muca
Murici
Nova Esperança
Novo Buritizal
Novo Horizonte
Pacoval
Pantanal
Parque dos Buritis
Parque Irmãos Platon
Pedrinhas
Perpétuo Socorro
Redentor
Renascer I
Renascer II
São José
São Lázaro
Santa Inês
Santa Rita
Sol Nascente
Trem
Universidade
Usina
Vitória do Renascer
Zerão

Sobre Administrador

Veja também

drone

A utilização dos drones para divulgar imóveis

As ferramentas tecnológicas são recursos que estão sendo grandes aliados para o mercado imobiliário, com …