Últimas Notícias
Home / Cidades / Maioria dos paulistanos fora do mercado imobiliário

Maioria dos paulistanos fora do mercado imobiliário

Pinheirinho, São José dos Campos
Indiferente à realidade do povo, governo de São Paulo destrói milhares de casas no Pinheirinho

Na cidade de São Paulo, 62% das famílias não têm condições de comprar uma casa ou apartamento próprio. E isso ocorre, na maior parte dos casos, porque os imóveis estão muito caros.

Essas são algumas das conclusões de um levantamento feito pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) em 18 países da América Latina e do Caribe.

O dado foi calculado com base na porcentagem de domicílios que gastariam mais de 30% de sua renda para pagar prestações de financiamento de 20 anos, com 10% de entrada, considerando o imóvel mais barato em oferta. Em São Paulo, esse imóvel custa US$ 40 mil, diz o banco.

Segundo o coordenador da pesquisa, Cesar Bouillon, o principal motivo para a incapacidade dessas famílias de comprar sua casa é o preço elevado do imóvel na cidade e a escassez de imóveis para a população de baixa renda.

O custos de uma moradia Erradicação de favelas Número de Sem Tetos Maiores problemas Custo burocracia

“A maior parte dos imóveis em oferta é para famílias ricas”, diz Bouillon. Para ele, o governo precisa incentivar, através de políticas, as empresas a construírem imóveis para a população mais pobre.

A Folha tentou entrevistar o secretário da Habitação, Ricardo Pereira Leite, mas ele não estava disponível.

O estudo identificou outros motivos para as famílias paulistanas não conseguirem comprar um imóvel, além do preço elevado: renda muito baixa (7%), dificuldade de comprovar renda (25%) e altas taxas de juros (8%).

O estudo do BID também aponta que 33% das famílias brasileiras são sem-teto ou não tem moradia adequada.

Falta de título de propriedade, paredes feitas de material descartado (como papelão), piso de terra e falta de ligação às redes de água tratada e esgoto foram fatores que, em conjunto ou isoladamente, definiram na pesquisa o que é moradia inadequada.

Já segundo o último censo do IBGE, de 2010, 43% das moradias brasileiras são consideradas inadequadas.

.

.

Fonte Folha de São Paulo

Sobre Administrador

Veja também

Especulação imobiliária em articulação com o sistema

Não é de hoje que a população brasileira, em especial os moradores das grandes cidades, …