Últimas Notícias
Home / Editores / Carlos Alceu / Mercado Volta a Dar Sinais de Retomada & Outras Notas

Mercado Volta a Dar Sinais de Retomada & Outras Notas

MERCADO DE IMÓVEIS DÁ SINAIS DE RETOMADA
Com as mudanças no cenário econômico e o início da queda na taxa básica de juros, o mercado imobiliário residencial, que historicamente é o primeiro a se recuperar, dá sinais de uma retomada. Segundo o índice FipeZap, que mede o preço dos imóveis em vinte grandes cidades brasileiras, já foi registrada uma alta entre os meses de agosto e setembro – maior avanço em quatro meses.

COMO REDUZIR O I.R. INCIDENTE SOBRE OS ALUGUÉIS
Os seguintes gastos podem ser deduzidos dos aluguéis brutos recebidos pelos locadores, desde que não tenham sido reembolsados pelos locatários: taxas e impostos (apenas os incidentes sobre o imóvel que produziu os rendimentos); despesas pagas para a cobrança ou recebimento dos aluguéis; despesas de condomínio; e, se for o caso, o aluguel pago pela locação de imóvel sublocado.

CONDOMÍNIOS ESTÃO VIRANDO ACADEMIAS
Está ficando na moda: por um preço fixo e módico por apartamento, muitos condomínios estão oferecendo profissionais de esportes e educação física, que dão aulas de diversas modalidades nos espaços condominiais de uso comum. Normalmente, a contratação desses serviços é aprovada em assembleia geral e o valor é dividido igualmente entre todas as unidades do edifício.

CAIXA PREPARA INCENTIVOS AO MERCADO IMOBILIÁRIO
A Caixa Econômica Federal vai anunciar nos próximos dias um novo pacote de medidas com objetivo de ampliar as concessões de crédito imobiliário. Tais medidas, aprovadas pelo Conselho de Administração da CEF, incluem corte de juros nas linhas habitacionais com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo, maior fonte de recursos do banco para financiar o setor.

NOVO SINAL DE ESTABILIZAÇÃO NO MERCADO DE IMÓVEIS
Após a tendência de estabilização do preço dos imóveis revelada pelo FipeZap, agora os indicadores de um conjunto de grandes empresas mostram leve reação do mercado imobiliário: em agosto, houve mais lançamentos e as vendas avançaram em relação às de agosto de 2015, segundo os Indicadores Abrainc/Fipe. Reações positivas do mercado imobiliário despertam interesse dada a relevância do setor para a economia.

AS FAIXAS DO PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA
Na fase 3 do Programa Minha Casa Minha Vida, o teto da faixa de renda 1 passou de R$ 1,6 mil para 1,8 mil, a faixa 2 subiu de R$ 3.275 para R$ 3,6 mil e a faixa 3 de R$ 5 mil para R$ 6,5 mil. Os valores máximos dos imóveis também mudaram: na faixa 1, passaram de até R$ 76 mil para até R$ 96 mil, nas faixas 2 e 3 de R$ 190 mil para R$ 225 mil, na faixa 1,5 para até R$ 135 mil. O valor máximo do imóvel pode variar conforme o tamanho da cidade.

EVITANDO O DESPEJO POR FALTA DE PAGAMENTO
A falta de pagamento dos aluguéis e de encargos de uma locação (condomínio, taxas, impostos etc.), é considerada infração contratual grave, sujeitando o inquilino a uma ação de despejo. Porém, mesmo acionado em juízo, o locatário ainda pode evitar seu desalojamento, desde que, no prazo legal para contestar a ação (15 dias), deposite a totalidade do seu débito, com os encargos legais e contratuais, mais custas processuais e honorários do advogado do locador.

QUITINETES QUE VALEM UM SALÁRIO MÍNIMO
De acordo com o Creci-SP, o aluguel de uma quitinete localizada em um dos bairros paulistanos mais afamados, é igual ou superior ao valor do salário mínimo nacional. Apesar da pesquisa ter sido feita apenas na capital paulista, esse cenário repete-se em boa parte das cidades de médio e grande porte do País, onde o aluguel das melhores quitinetes é semelhante.

Sobre Carlos Alceu Machado

Veja também

Decisão do STJ Favorece o Mercado Imobiliário & Outras Notas

DECISÃO DO S.T.J. FAVORECE O MERCADO IMOBILIÁRIO O Superior Tribunal de Justiça decidiu que o …