Últimas Notícias
Home / Editores / Carlos Alceu / Momento Favorece os Compradores & Outras Notas

Momento Favorece os Compradores & Outras Notas

EXERCÍCIOS FÍSICOS EM CONDOMÍNIOS
As academias de ginástica, atualmente presentes nos mais variados espaços, chegaram agora aos condomínios, sejam residenciais ou comerciais, fazendo com que condôminos de todas as idades pratiquem exercícios. Áreas antes pouco utilizadas, estão sendo transformadas em zonas de atividade física, com supervisão de profissionais habilitados, contratados pelos próprios condomínios.

CLÁUSULAS CONTRATUAIS ABUSIVAS SERÃO EXCLUÍDAS
De acordo com o Pacto do Mercado Imobiliário, práticas consideradas abusivas deverão ser excluídas dos contratos de promessa de compra e venda de imóveis, entre elas a cobrança de taxas de serviços de assessoria técnico-imobiliária, de decoração e de repasse de financiamento bancário. A comissão de corretagem também não pode mais ser acrescida ao preço do imóvel.

ATRASOS EM OBRAS É REGULAMENTADO
Segundo o Pacto do Mercado Imobiliário, as incorporadoras terão um prazo de tolerância de 180 dias para a conclusão das obras, além daquele fixado no contrato. Porém, durante esse prazo e enquanto não concluída a construção, a vendedora deverá pagar um percentual de 0,25% ao mês ao comprador, calculado sobre o valor até então pago por conta do preço do imóvel. A partir 181° dia de atraso, o incorporador pagará multa de 2% sobre o total pago pelo consumidor até então, mais juros de 1% ao mês.

QUEM PODE USAR O FGTS NA COMPRA DE IMÓVEL?
Trabalhadores com conta há ao menos 36 meses no FGTS, que não possuam imóvel na cidade em que moram e não tenham financiamento ativo no Sistema Financeiro Habitacional, em qualquer parte do país, estão habilitados a utilizar o Fundo de Garantia para a compra de imóvel. Mas o FGTS financia apenas imóveis destinados à moradia do mutuário, o que exclui terrenos e imóveis comerciais.

LIMITAÇÃO AO PRAZO DE FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO
Embora o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço financie imóveis por até 30 anos, inclusive para aposentados e pensionistas, a Caixa Econômica Federal não permite que o tempo de financiamento somado à idade do comprador mais velho, ultrapasse 80 anos e 6 meses. Desta forma, para contratar o prazo máximo, o mutuário não pode ter mais que 50 anos e meio. É uma exigência do seguro.

MOMENTO FAVORECE OS COMPRADORES
Especialistas do segmento imobiliário apostam em 2016, como o ano para a compra de imóveis, principalmente por causa do cenário econômico brasileiro. O preço dos imóveis deve se manter em baixa, o que facilita para o comprador que consegue encontrar preços interessantes. Conforme o FipeZap, os preços dos imóveis devem atingir valor semelhantes aos praticados no ano de 2011.

CAUTELA E CALDO DE GALINHA NÃO FAZEM MAL
A maioria das empresas do mercado imobiliário está lutando para garantir o fluxo das suas vendas e, nessa situação, são normais os descontos mais agressivos. Contudo, é importante o interessado se prevenir para não cair em armadilhas. Por exemplo, é altamente recomendável que o interessado faça uma pesquisa para saber se os antigos compradores tiveram algum problema.

INVESTIDOR DEVE TER DINHEIRO EM MÃOS
Se você quer adquirir um imóvel para investir, é bom ter o dinheiro necessário em mãos. Nesse caso, peça um desconto superior a 20% do valor de mercado do imóvel, pois assim obterá um bom retorno com a locação ou mesmo com a valorização patrimonial. A estimativa é que você possa ganhar mais do que 25% que um produto bancário de renda fixa renderia.

Sobre Carlos Alceu Machado

Veja também

Caixa Reduz Juros do Crédito Imobiliário & Outras Notas

CAIXA REDUZ OS JUROS DO CRÉDITO IMOBILIÁRIO A Caixa Econômica Federal anunciou a redução da …