Últimas Notícias
Home / Mercado / Imóveis Novos em Alta & Outras Notas

Imóveis Novos em Alta & Outras Notas

Imóveis NovosIMÓVEIS NOVOS EM ALTA
Na comparação com o primeiro trimestre de 2012, o deste ano foi ótimo para o mercado imobiliário na capital paulista, com uma alta superior a 27% nas vendas de imóveis novos. Quando comparado apenas o mês de março, os percentuais ficam ainda melhores: alta de 83,90% nas vendas e de 80,35% no número de lançamentos. Os dados são do Secovi-SP.

MAIS FINANCIAMENTOS
Os empréstimos destinados à aquisição e à construção de imóveis, apenas com recursos das cadernetas de poupança, superaram os R$ 20 bilhões no primeiro trimestre de 2013 – um crescimento de quase 16% em relação ao mesmo período do ano passado. Nos últimos doze meses (até março), os financiamentos montaram a R$ 85,5 bilhões.

CRÉDITO IMOBILIÁRIO
Não há duvida que o volume dos empréstimos imobiliários no Brasil, atualmente na casa dos 6,5% do Produto Interno Bruto (PIB), ainda pode crescer muito. Basta olhar os maiores mercados latino-americanos, México e Chile, onde tal relação é de 11% e 15%, respectivamente. Recursos não faltarão, já que o FGTS é fonte inesgotável e a poupança continua bombando.

POUCAS QUEIXAS
O telefone gratuito da Caixa Econômica Federal, que recebe reclamações sobre imóveis do Programa Minha Casa, Minha Vida, contabilizou até agora menos de 8.000 queixas. Um número muito pequeno, comparado com o universo de financiamentos já contratados pelo PMCMV. Supõe-se que a grande maioria dos mutuários prejudicados não deve reclamar.

COMPRADORES EXIGENTES
Cada vez mais exigente, a nova classe média aceita receber apartamentos com áreas privativas menores, desde que os empreendimentos ofereçam bons espaços de lazer condominiais. Por conta disso, salão de festas equipado, academia, quadra poli-esportiva, parque, piscina, churrasqueiras, entre tantas outras alternativas, são hoje determinantes na hora de se fechar um negócio.

IDADE PARA FIANÇA
Apesar de não existir lei proibindo pessoas idosas de prestarem fiança em contrato de locação, tampouco há alguma norma impedindo o locador de estabelecer critérios próprios para a aceitação de fiadores. Assim, da mesma forma que alguém sem bens ou renda pode ser rejeitado como fiador, uma pessoa com determinada idade também o pode.

PRAZO DE VENDA
Segundo os especialistas, o tempo necessário à venda de um imóvel usado varia de três a seis meses. Portanto, se a transação foi fechada antes desse prazo, é bem possível que o preço estivesse abaixo do valor de mercado; se o negócio foi fechado passados mais de seis meses, vale o raciocínio contrário. Evidentemente que essas estimativas não se aplicam a todos os locais.

OFERTA RESISTÍVEL
Imóveis oferecidos ao mercado há mais de um ano, sem resultado, devem ter suas ofertas repensadas. É preciso avaliar-se, principalmente, se a publicidade está sendo efetiva – e corretamente disponibilizada na internet – e se o imóvel está apresentável aos olhos dos interessados. Qualquer falha em um desses dois motores e a venda estará prejudicada.

A FORÇA DA INTERNET
Pesquisa do Ibope apontou que ao menos metade das pessoas que adquiriram imóveis, utilizaram a internet como principal mecanismo de decisão. Ofertas publicadas no meio virtual por imobiliárias e corretores, e anúncios de construtoras em portais imobiliários, foram as principais fontes usadas pelos compradores na hora de escolherem seus novos imóveis.

Fonte: CARLOS ALCEU MACHADO (mais comentários no Site e no Facebook)

Sobre Administrador

Veja também

Caixa Reduz Juros do Crédito Imobiliário & Outras Notas

CAIXA REDUZ OS JUROS DO CRÉDITO IMOBILIÁRIO A Caixa Econômica Federal anunciou a redução da …