Últimas Notícias
Home / Habitação / Compra & Venda / PARCERIA: um “Bem” necessário

PARCERIA: um “Bem” necessário

Os negócios imobiliários, ou seja, o conjunto de atividades à disposição dos profissionais que atuam com imóveis, nas médias e grandes cidades, é  muito amplo. Corretores e escritórios imobiliários podem comercializar (comprar e vender), alugar, administrar, empreender (incorporar, construir), reformar, dar consultoria, cuidar de documentação e atuar em marketing, planejando e promovendo empreendimentos.


Por outro lado, é grande também o número de imóveis disponíveis no mercado: imóveis residenciais (do popular ao altíssimo padrão), imóveis comerciais (salas, conjuntos, salões, galpões, armazéns), imóveis industriais, pontos comerciais em ruas e shoppings, imóveis de lazer na praia e campo, terrenos e áreas para empreendimentos, flats, imóveis rurais… A variedade é enorme.

Com o advento da Internet, então, se abriu a possibilidade de atuar em várias regiões do país.


Com esse mercado cheio de oportunidades, por que não compartilhar negócios, estabelecendo e formalizando parcerias? Isso poderia muitas vezes reduzir custos e aumentaria exponencialmente o número de negócios fechados e também os lucros e os rendimentos de todos os profissionais.


É preciso estabelecer “normas” e procedimentos, claro. É necessário abandonar a mentalidade do “lucro fácil” e da “esperteza”. É imprescindível aprender e exercitar padrões de comportamento ético.


Assim, ganha o cliente comprador, ganha o proprietário, ganham os profissionais da intermediação, ganha o mercado imobiliário, que se amplia e se intensifica, e ganha a sociedade e a economia do país.

Sobre Administrador

Veja também

Bolha Imobiliária: pequeno poupador que se cuide

Segundo João da Rocha Lima, coordenador do Núcleo de Real Estate da Escola Politécnica da …