Últimas Notícias
Home / EAD / Carreira / Por que escolher o curso Técnico em TTI?

Por que escolher o curso Técnico em TTI?

Um curso de nível técnico é aquele destinado a proporcionar habilitação profissional aos concluintes do ensino médio ou alunos nele matriculados, que podem fazer o curso profissionalizante simultaneamente. Essa conceituação é importante num momento em que o diploma de ensino técnico se iguala à graduação.

Atualmente é muito comum ouvirmos que faltam profissionais qualificados, e não vagas no mercado de trabalho. Com essa realidade impulsionada pelas demandas econômicas, tecnológicas, sociais e políticas, as pessoas procuram cada vez mais estarem preparadas para as exigências do mercado.

Propaganda é o que não falta, seja de cursos superiores ou técnicos, mas os cursos técnicos estão mais afinados à realidade, pois algumas áreas chegam a alcançar a taxa de 100% de empregabilidade, como a de Técnico em Transações Imobiliárias.

Para atender a essas exigências, as pessoas e as organizações encontram na Educação a Distância (EAD) a flexibilidade de tempo e espaço associada ao desenvolvimento de uma formação qualificada em menos tempo.

A escolha Certa

Depois de mais de 30 anos como jornalista, aos 57 anos de idade, a realidade do mercado de trabalho fez com que Amaral procurasse uma nova atividade, foi aí que ele decidiu fazer o curso técnico em Transações Imobiliárias (TTI), área que está em plena ascensão.

Um desafio instigante e motivador. É assim que Cláudio Alves do Amaral descreve o curso técnico em TTI, do Instituto Monitor. Antes mesmo de concluir o curso o aluno já havia recebido várias propostas de emprego e agora está trabalhando em uma grande corretora de imóveis. “A formação técnica é definitivamente a porta de entrada no mercado profissional, seja para alguém mais experiente, ou um jovem que está iniciando sua carreira profissional”, comenta.

Para o diretor secretário geral do CRECI (Conselho Regional de Corretores de Imóveis), Antônio Simas, o setor imobiliário é muito flexível, por isso, o número de profissionais que migram de outras áreas para serem corretores de imóveis é tão grande. “Temos corretores de imóveis com diversas formações, desde advogados a administradores de empresas, engenheiros, entre outras”, explica. Além disso, Simas afirma que este setor também conta com diversos profissionais “vocacionados”, ou seja, que já iniciaram a carreira profissional nesta área.

Aperfeiçoamento

É sabido que grande parte das pessoas que atuam na área imobiliária não possuem curso ou qualquer formação para desempenhar essas atividades. Assim como em qualquer área, exercer a profissão legalmente é extremamente importante, e não podia ser diferente para os técnicos em transações imobiliárias, que precisam do registro no CRECI para executar a profissão dentro da lei.

Para Simas o constante aperfeiçoamento e a preocupação com a fiscalização das empresas na hora de contratar um funcionário é extremamente importante. “Pessoas que não têm formação técnica para desempenhar as atividades podem colocar em risco o bem-estar do cliente, por isso, aquelas que se qualificam estão à frente no mercado de trabalho”, afirma.

O certo é que o mercado busca muito mais do que uma boa formação profissional. Nos dias de hoje, não basta ter conhecimento, é necessário saber colocá-lo em prática. Os cursos técnicos oferecidos pelo Instituto Monitor seguem essa corrente. “Aqui sempre buscamos oferecer ao aluno “aprenda fazendo” para que ele entre no mercado de trabalho e consiga se manter e, mais do que isso, alcançar o sucesso tão esperado”, conta a diretora pedagógica do Instituto Monitor.

O Instituto Monitor oferece cursos Técnicos nas áreas de Transações Imobiliárias (com CRECI), Contabilidade (com CRC), Eletrônica (com CREA), Secretariado (com DRT) e Informática, além de vários cursos profissionalizantes.

Sobre Administrador

Veja também

Corretor de Imóveis precisa vender benefícios

Nem sempre apresentar um imóvel para o cliente é tarefa fácil para o corretor de …