Últimas Notícias
Home / Construção / Arquitetura / Qual a diferença entre o apartamento conjugado e o estúdio?

Qual a diferença entre o apartamento conjugado e o estúdio?

A infra-estrutura e a modernidade.

kitchenette ou quitineteÉ isso o que diferencia os atuais estúdios dos antigos conjugado (também chamado de kitchenette, (palavra inglesa que quer dizer “cozinha pequena”). É um apartamento de até 50 metros quadrados, com pequena área destinada à cozinha, quarto conjugado à sala e parede divisória para separa banheiro.

Localizado nas regiões centrais das grandes cidades, era muito comum na década de 60, para atender os universitários e aos jovens de classe media em inicio de carreira ou vindos do interior. Fica em prédios simples, com pouca ou nenhuma infra-estrutura de serviços e de lazer. O conjugado, por ser quase sempre um imóvel antigo, requer muita atenção ao estado de conversação principalmente das instalações elétricas e hidráulicas.

O estúdio tem a mesma metragem do conjugado, mas é moderno e charmoso. Sem paredes para separar cômodos, tem cozinha americana (interligada à área social), banheiro e área de serviço. O pé-direito (altura entre o piso e o teto) é um pouco acima do padrão. Os prédios de estúdios costumam dispor de boa infra-estrutura de serviços e lazer – piscina, sauna e sala de ginástica e, em alguns, salão de jogos, salão de festas, bar, escritório (home Office) e sala de cinema (home theater). O estúdio foi idealizado para atender aos solteiros das classes média e média alta.

loftCom proposta parecida, porém maiores, estão os lofts, que são hoje uma das mais novasloft tendências do mercado imobiliário. Sinônimo de modernidade e praticidade, seu grande trunfo é a versatilidade do espaço que, de forma simples e ao mesmo tempo bem pensada, agrega estilo e atende a todo tipo de inquilino. Estes espaços originaram- se nos Estados Unidos e Europa a partir da reciclagem de antigos edifícios comerciais, galpões ou depósitos, que não atendiam mais as necessidades tecnológicas atuais e de uma mudança de zoneamento urbano. “Para revitalizar áreas degradas de grandes cidades o uso de tais edifícios foi alterado para residencial”. Os apartamentos possuem pé-direito duplo, cozinha americana, áreas livres e acabamentos internos com instalações aparentes, que atendem a um público de médio e alto poder aquisitivo – geralmente jovens e solteiros executivos bem-sucedidos, descasados e casais que optaram por não ter filhos. O pé-direito duplo, além de possibilitar a implantação de um mezanino onde, muitas vezes, foi instalado o dormitório ou a suíte, também proporcionou um excelente nível de iluminação natural, com a possibilidade de colocação de grandes janelas.

Sobre Administrador

Veja também

Construção pelo sistema PVC/Concreto

O sistema é constituído por painéis de PVC preenchidos com concreto e aço estrutural, que …