Últimas Notícias
Home / Cidades / Quanto custa morar no Rio de Janeiro?

Quanto custa morar no Rio de Janeiro?

Você sabia que o Rio de Janeiro está entre as 10 capitais/regiões metropolitanas com os melhores bairros para se viver? A conclusão faz parte da pesquisa do Índice de Desenvolvimento Humano (IDHM). E não é em vão, o Rio de Janeiro é uma das cidades mais bonitas do Brasil e sua região metropolitana abrange cidades igualmente belas como é o caso de Itaguaí e outras, com uma excelente infraestrutura, como é o caso de Niterói e Duque de Caxias.

Além do mais o Rio de Janeiro tem bairros de renome internacional, como é o caso de Ipanema e Leblon. Entre outros pontos positivos, seus bairros mais famosos guardam muito da história do país, as praias são belíssimas, e a cultura é muito forte, seja na literatura, na música e até mesmo quando o assunto são apresentações teatrais ou shows. Por ser um dos destinos turísticos mais importantes do Brasil, o cuidado com as praias é grande, os calçadões são bem conservados, assim como as ciclo faixas e a vida noturna é outro ponto imbatível da capital carioca.

Mas quanto custa morar no Rio?

Segundo o site Agente Imóvel para morar no Rio de Janeiro é necessário desembolsar em torno de R$ 9.113 no m², no entanto a aquisição de um imóvel pode facilmente ultrapassar a marca de R$1 milhão de reais. Para reduzir os valores é necessário optar por imóveis com mais idade, semi-prontos e até mesmo na planta.

Outra estratégia para reduzir os valores é a escolha do endereço, segundo a Fundação Instituto de Pesquisas Econômica (Fipe) quanto mais próxima à praia ou pontos de interesse como Pão de Açúcar, Lagoa Rodrigo de Freitas, Corcovado e Maracanã, maiores são os preços. Em bairros como o Leblon, o m² pode chegar a custar mais de R$25.000,00.

O site Agente Imóvel ainda aponta que entre os bairros mais valorizados, os que tiveram maior recuo no preço do m² são consecutivamente Jardim Botânico e Urca, já as maiores valorizações são notadas nos bairros da Gávea e Leme. A menor variação anual de preços é a dos imóveis com 2 e 3 dormitórios, enquanto imóveis com 1 e mais de 3 dormitórios tiveram alta superior a 5% comparado ao mesmo período de 2014. Vale ressaltar que os imóveis de apenas 1 dormitório atraem cada vez mais pessoas por serem ideais para investimento, como geralmente são apartamentos tem grande busca no mercado de locação de imóveis no Rio de Janeiro em geral.

Segundo uma pesquisa realizada com os moradores do Rio de Janeiro pela Veja ainda é possível escolher seu endereço pelo seu perfil, ex.: Se você quer morar bem e gastar menos as melhores opções são: Barra da Tijuca, Flamengo, Jardim Botânico e São Conrado. Casais com filhos podem preferir os bairros de Lagoa, Leblon e Ipanema devido à segurança. Para aqueles que são fãs de cultura o melhor mesmo é o Leblon, já para os fãs de esportes, Flamengo, Barra da Tijuca e Ipanema saem na frente. Para os jovens e baladeiros de plantão a melhor opção pode ser a Lapa, com seus intermináveis bares, botequinhos e rodas de Samba. E você, qual seria sua opção?

Sobre nataliacasado

Veja também

São Paulo verticalizada: Falta de terrenos muda o desenho das metrópoles

São Paulo está rodeada por edifícios. Devido à pouca oferta de áreas na cidade, e …