Últimas Notícias
Home / Mercado / AS REDES SOCIAIS & OUTRAS NOTAS

AS REDES SOCIAIS & OUTRAS NOTAS

NOVA PESQUISA SOBRE USUÁRIOS DAS REDES SOCIAIS
A Lopes, uma das maiores empresas brasileiras de intermediação e consultoria imobiliária, realizou um estudo sobre o uso das mídias sociais pelos interessados na compra de imóveis. A pesquisa mostrou que 64% dos entrevistados utilizam as redes sociais, havendo uma relação direta de aumento entre o público mais jovem: enquanto apenas 31% dos usuários entre 50 a 74 anos usam as redes sociais, o público de 18 a 34 anos tem um índice de uso de 72%. Para os usuários entre 35 e 49 anos, o uso desses canais é comum para 55%. O estudo também mostrou que há uma relação inversamente proporcional entre o uso de redes sócias e os aspectos demográficos. Entre as pessoas com renda familiar mensal até R$ 6,9 mil, 71% são usuários assíduos de mídias sociais, relação que diminuiu em famílias com renda a partir de R$ 30 mil, em que somente 27% utilizam as ferramentas online.

CRESCE A VENDA DE IMÓVEIS USADOS
Com o crescente aumento nos preços dos imóveis novos, uma boa parte dos consumidores está migrando para a compra de usados – que também se valorizaram, porém numa proporção menor do que os novos. Afora isso, os imóveis usados atendem melhor àqueles pretendentes que desejam uma área privativa maior e uma área de uso comum menor.

A IMPORTÂNCIA DO CORRETOR IMOBILIÁRIO
O corretor é o responsável por avaliar corretamente um imóvel e dar todas as informações necessárias e importantes ao interessado em adquiri-lo; ou seja, é ele quem faz os contatos necessários para que o produto seja vendido. Também é o corretor quem se encarrega de anunciar a oferta através das diversas mídias existentes – incluindo faixas, placas e internet -, aumentando assim as chances do imóvel ser alienado mais rapidamente.

DECLARAÇÃO SOBRE OPERAÇÕES IMOBILIÁRIAS – DOI
A Declaração Sobre Operações Imobiliárias (DOI) deve ser encaminhada mensalmente à Receita Federal pelos Tabelionatos de Notas, pelos Cartórios de Registro de Imóveis, pelos Cartórios de Títulos e Documentos e pelos serventuários da Justiça, contendo informações relativas às operações imobiliárias anotadas, averbadas, lavradas, matriculadas ou registradas no mês anterior. À cada operação imobiliária deve corresponder uma DOI. Não há mais o que o Imposto de Renda não saiba….

BRASILEIROS SÃO OS GRANDES COMPRADORES
Os brasileiros estão entre os estrangeiros que mais compram imóveis em Manhattan e Miami, segundo revela reportagem publicada no The New York Times. De acordo com a publicação, os brasileiros se tornaram os principais clientes de corretores de imóveis de alto padrão, e a tendência é que o ritmo de compras não desacelere tão cedo. Ainda segundo o mesmo jornal, os compatriotas compradores são profissionais do setor financeiro, na faixa dos 30 aos 40 anos. Quem pode, pode!

EX-MINISTRA VÊ PAÍS COM BONS OLHOS
A ex-ministra da Economia, Zélia Cardoso de Mello, acredita que dificilmente ocorrerá uma crise financeira-imobiliária no Brasil. Segundo ela, o sistema bancário brasileiro é mais regulado que o norte-americano e o comprador negocia diretamente com o banco. Além disto, havia um déficit habitacional no País e pouca disponibilidade de financiamento; com a liberação do crédito, muita gente pôde comprar seu imóvel, o que aqueceu o mercado, explicou. Ainda de acordo com Zélia, chegará o momento em que o mercado vai se estabilizar e até mesmo declinar, mas ela não vê nenhuma semelhança com a bolha imobiliária vista nos EUA.

COMPRA DE USADOS EXIGE ATENÇÃO
A aquisição de um imóvel é ato que exige muita atenção por parte do comprador; caso o imóvel seja usado, o cuidado deve ser redobrado. Se a pessoa estiver tratando diretamente com o proprietário, sem a intermediação de profissionais do ramo, é indispensável que antes da assinatura de qualquer documento, ela mande fazer uma vistoria completa da estrutura do imóvel e a análise legal da sua documentação. Só isso já prevenirá dores de cabeça futuras.

COMPRAR PARA INVESTIR OU MORAR?
Quem está vendendo sua residência, deve ter em mente que uma coisa é negociar com investidores e outra com pessoas que desejam casa para morar. No primeiro caso, o comprador certamente pagará um preço menor à vista, estará interessado em imóvel com grande procura (para venda ou locação) e situado em região com boa valorização; no segundo, o comprador provavelmente optará por uma zona tranquila, próxima do seu trabalho, e por um financiamento que caiba no seu bolso.

Por Carlos Alceu Machado (www.cam.adv.br)

Sobre Administrador

Veja também

Caixa Reduz Juros do Crédito Imobiliário & Outras Notas

CAIXA REDUZ OS JUROS DO CRÉDITO IMOBILIÁRIO A Caixa Econômica Federal anunciou a redução da …